Palmilhas

×

Confira as principais diferenças entre a palmilha ortopédica e de silicone

É bem comum que pessoas confundam esses dois tipos de palmilhas e, apesar de receberem o mesmo nome, possuem finalidades diferentes. Fique atento a essas informações, já que tratamentos ortopédicos mal feitos podem agravar a situação.   

Palmilha ortopédica

Esse modelo é produzido em um material resistente e flexível, e seu uso é normalmente indicado por um médico ortopedista, como a finalidade de tratar um problema já existente, como dores no calcanhar ou pisada torta. A palmilha também está presente em calçados especiais como sapatilhas femininas ortopédicas. Esse não é um item barato, e é possível encontrar no mercado os modelos prontos e os sob medidas, os especialistas costumam indicar as peças sob medidas, e, dessa forma, tratar o problema com mais precisão, mas se a indicação for a opção pronta, é importante haver uma minuciosa análise, para que a situação não seja agravada.

Palmilha de silicone

Diferente do modelo anterior, a palmilha de silicone é uma ferramenta para prevenir lesões e diminuir as dores nas costas, ou seja, ela é um tratamento preventivo e não a solução para problemas já existentes. É possível encontrá-las no mercado com muita facilidade, um preço mais acessível e de diversas marcas. Ideal para as pessoas que passam muito tempo em pé, ela é normalmente produzida em silicone, mas também existem em polímero e termoplástico, conhecidas como palmilha de gel, que possuem efeitos bem semelhantes. Com uma ótima capacidade de amortecimento, os três modelos também são indicados para pessoas que praticam exercícios físicos de alto impacto. Agora que você entendeu a diferença entre as palmilhas é importante ficar atento aos sinais e, na dúvida, é sempre bom procurar um especialista, mas se você está procurando produtos ortopédicos de qualidade como, por exemplo, o denis brown masculino, esse é o lugar certo.